03 maio, 2017

JOSÉ WARMUTH EM PORTUGAL

Noticiamos a participação do presidente da nossa Regional, José Warmuth Teixeira, na 2a. Caravana Sem Fronteiras, (de literatos e de artistas) organizada pela Editora Rede Sem Fronteiras para, entre outras atividades levadas a efeito em Portugal, comemorar, em Lisboa,  o IV  aniversário do prestigioso Jornal Sem Fronteiras.

O grupo de caravaneiros foi composto por trinta e sete membros, direção, colunistas e amigos do JSF, que viajaram do Brasil e que lá juntaram-se a diversos  representantes do Jornal Sem Fronteiras, no Exterior.

A festa de aniversário deu-se em um palacete hoje ocupado pelo Hotel Pestana Palace em Lisboa e constou de coquetel, sessão solene onde foi lançado a 2a. Coletânea Sem Fronteiras que conteve dois trabalhos do nosso presidente, seguida de jantar de gala. 

Em Lisboa, aconteceu, no Palácio da Independência, uma vernissage de obras de arte dos artistas plásticos do grupo; um Encontro com Escritores Lusófonos, acontecido no Museu da Farmácia, onde se deu um debate sobre o tema Literatura (tipo mesa redonda) no qual Warmuth representou o nosso Brasil. Seguiu-se recepção na Associação Portuguesa de Poetas  onde Warmuth foi empossado como membro da Entidade. Seguiu-se, no Hotel Mundial, uma sessão solene e jantar, onde nosso presidente tomou assento em cadeira da Acadèmie de Lettres et Arts Luso-Suisse, que tem sede em Genebra.

Além desses eventos, visitou-se a Fundação Cultural Luiz de Camões, a Casa dos Bicos, residência de José Saramago, aconteceram almoços e jantares em locais emblemáticos de Lisboa como o Clube do Fado e Restaurante Martinho da Arcada.

Na segunda semana, o grupo peregrinou por lugares históricos de Portugal, visitando Queluz, Cintra, Cabo Roca, Estoril, Cascaes, Oeiras, Leiria, Óbidos, Caldas da Rainha, Alcobaça. Nazaré, Batalha, Fátima, Viseu, Aveiro, Coimbra, onde houve doação de livros para a famosa Biblioteca Joanina, da Universidade de Coimbra e visita a Conimbriga, importante pelo seu acervo de ruínas romanas, e, finalmente o Porto.

No Museu Maria da Fontinha, deu-se a cerimônia de doação, por cada membro do grupo, de quinze livros para a formação da Biblioteca de Língua Portuguesa Sem Fronteiras. Em todos os lugares, visitou-se museus, bibliotecas, livrarias como a famosa Lello, no Porto, monumentos, lugares históricos, palácios e castelos.    


Por: Pedro Antônio Corrêa - Secretário (Sobrames-SC).


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...